, ,

Tacos, tortillas e algo mais: 9º ano e 1ª EM estudam a cultura de Latino-América

Os alunos de espanhol do 9 ano estudaram, neste bimestre, o vocabulário dos alimentos alimentos, além de conteúdos gramaticais e de aspectos da cultura dos países de fala hispânica. Uma das tarefas foi preparar dois pratos de comidas típicas de um país hispânico. Já a 1ª série do EM, que também estudou a cultura latino-americana, fez suas apresentações em power point.

, , ,

Arte na Ilha 2019 – 1ª noite: 8º e 9º ano, 1ª e 2ª série do Ensino Médio

O resumo da 1ª noite do Arte na Ilha: alunos do 8º ano à 2ª série do Ensino Médio abordam dilemas do século XXI nas peças “Corta”, “O home ajuda o homem?”, “A quem pertence seu corpo?”, em filmes de cinema e exposições de artes visuais (“despadronizARTE”). 

, , , , , ,

Arte na Ilha 2019 – as exposições de artes visuais

Durante o Arte na Ilha, as paredes e os corredores da Escola se transformam em museu para os trabalhos dos alunos.

, ,

despadronizARTE – exposição de alunos questiona os padrões de beleza e comportamento

despadronizARTE foi uma das exposições de artes visuais do Arte na Ilha 2019. Elaborada pelos alunos da 1ª e 2ª série do Ensino Médio, com bordados sobre tecidos ou sobre fotografias tiradas pelos próprios alunos, homens e mulheres, ela trouxer a público um tema candente: os padrões de comportamento e de beleza que se impõem a todos.

, , ,

Representar e receber vaias, como em 1922: a 2ª do EM e a semana de arte moderna

Reviver o movimento que mudou para sempre nossa cultura e nossa arte: esta foi a tarefa dos alunos da 2ª série do EM sobre a semana de arte moderna de 1922, que eles estudaram em literatura, história e filosofia

, , ,

ENCONTRÃO 2019: veja as fotos da 1º série do EM

Todos os anos, no Encontrão, os alunos se tornam professores por um dia. Durante uma manhã, eles expõem e apresentam os resultados de seus projetos de estudos e pesquisas aos pais e a todos os participantes.

Em 2019, as turmas da 1ª série do Ensino Médio apresentaram trabalhos sobre o som no cinema, a “inequality” (trabalho de inglês sobre desigualdade, substantivo feminino), bem como suas experiências sobre DNA e osmose.