, ,

cineroiroi

, , , , , ,

SIEM, ONHB, OBMEP: UM OUTRO JEITO DE ESTUDAR

Nossos alunos ajudam a derrubar mitos. Depois das aulas, quase metade deles estuda e se prepara para alguma – ou várias – das atividades extracurriculares das quais a Escola participa: SIEM (simulação de reuniões da ONU e outros organismos), ONHB (olimpíadas de história do Brasil) e OBMEP (olimpíadas de matemática).

 

 

, , , , , , , ,

3º ANO EXPLORA CENTRO DE FLORIANÓPOLIS

“A Ilha de Santa Catarina é o pequeno e complexo mundo em que vivemos e é esse mundo que escolhemos como tema para os projetos pedagógicos das turmas do 3º ano. Ao longo do ano, realizamos várias saídas de estudos para conhecer melhor nossa história, nossa geografia, nossa cultura”. É assim que a professora Zoraia Correa (3º ano B) explica a primeira destas saídas, que levou sua turma e o 3º A, da professora Shelley Ceccato,  ao centro de Florianópolis na semana de aniversário do município.

, , , ,

CADERNO DE REDAÇÃO: CONVITE À ESCRITA

O caderno de redação pode se tornar um convite à escrita… Essa foi a aposta da professora Juliana Rabello (Língua Portuguesa e Redação). Logo na primeira aula de redação, ela propôs aos alunos criar uma folha de rosto personalizada para seus cadernos. “A ideia é que o caderno de redação funcione que como um livro em construção, no qual o aluno registrará todas as suas produções, não necessariamente escolares, que ele se veja como autor”.

, , , , , , , ,

ESTREANTES VÃO À FINAL DAS OLIMPÍADAS DE HISTÓRIA

Entraram de sola: já na primeira participação, foram à final. Assim foi a participação da equipe da Escola da Ilha classificada para a final da 10ª edição das Olimpíadas Brasileiras de História do Brasil formada por Isabela Xavier (1ª série), Diogo Franchin de Paula e Alena Zea  (9° ano), todos com apenas 15 anos de idade. Seis equipes da Escola (18 alunos) se inscreveram e passaram pelas 6 primeiras fases da competição, realizadas pela internet. Apenas 2 equipes de Santa Catarina passaram para a final, realizada em Campinas, a da Escola ficando em primeiro lugar.

 

, , , , , , , , , ,

ARTISTAS DA SEMANA DE 22 VISITAM A ESCOLA

Encarnar os intelectuais e artistas que fizeram da semana de arte moderna de 1922 muito mais do que um manifesto modernista, muito mais do que um evento artístico, lançando ondas de transformação que marcaram também os anos 60 e perduram até hoje. Este foi o desafio proposto aos alunos da 2ª série do Ensino Médio pelo professor Robson, de literatura. Vejam o resultado.